No fim

Chegando a Amsterdam depois de muitos anos (nem sei mais quantos), não vejo tantas mudanças por aqui, a não ser num tipo diferente de pessoas que vi antes, talvez refugiados, como está acontecendo em muitos países da Europa. Uma tristeza que alguém tenha que fugir do seu próprio país, sem outra razão que não seja a disputa de poder.

Depois conversaremos sobre isto, hoje quero lhe mostrar coisa bonita. Olhe só que escada mais intrigante.

No fim, alguma coisa acontece.

Afinal, você teve sua chance.

No fim, você ganhou ou perdeu?

(Tradução livre)

É isso mesmo, sem perder a Esperança jamais, vigiando cada passo até que naturalmente você perceba que sabe caminhar sem cair no despenhadeiro das ilusões perdidas ou da desesperança. Para saber se, no final, você está ganhando ou perdendo, e o quê ganha ou perde.

Estou compartilhando com você o pensamento que me veio hoje, no momento em que desci estas escadas no Museu Stedelijk, em Amsterdam. Um belíssimo prédio me forma de banheira, Oh! Mas tinha que ser Arte Contemporânea.

Deixe um comentário!