Papo Cabeça – Cuide do seu “Campo de Batalha”e lute a boa luta

Campo de Batalha

Por mais que eu tente “variar o meu cardápio” de notícias, a tônica é sempre a reclamação. Cada vez mais um maior número de pessoas lastimando, reclamando de tudo. O pior é que temos mesmo que reclamar, os tempos são de crise no mundo inteiro, a mídia precisa informar, divulgar, e o que dá Ibope, o que dá mais audiência, especialmente para o público adulto, são os acontecimentos de violência.

O terrorismo se veste de roupagens diferentes: de homens-bomba a crimes de toda natureza – preconceitos, corrupção, agressões, assaltos, gente matando por causa de um simples celular, de uma briga de trânsito.

Diante de tudo que se vê e que se ouve fica mesmo difícil não reclamar, mas eu, otimista incansável, insisto que a Vida é muito mais do que “o se vê e do que se ouve”. E merece o esforço de cada um de nós para que consigamos encontrar, ao menos, a nossa paz interior, cultivando o hábito do “bom pensar”.

O vizinho ouve música a todo volume? Respire fundo, tantas vezes quantas necessárias a recuperar sua calma e aí sim, tente conversar, mudar a situação.

Neste caso e em qualquer outro em que você sinta que o outro foi agressivo ou abusou da sua paciência, faça o exercício de ser mais paciente ainda. Aposte com você mesmo que com paciência e calma você pode manter o autocontrole e verá que muitos aborrecimentos poderão ser evitados.

A sua saúde vai agradecer.

E a Vida vai lhe devolver a generosidade.

Sempre existe um lado B, não acha? Pois tente viver o lado B das situações, e isso não significa que você vai estar se alienando e achando que o errado está certo. Não, o seu senso crítico, pelo contrário, ficará mais aguçado, porque estará isento da emoção ruim, aquela que faz tomar atitudes impensadas.

Discuta menos, defenda seus ideais e seus objetivos com menos paixão exacerbada e com mais sabedoria.

Não transforme a vida, apesar de tanta dificuldade, num campo de batalha. Na verdade, o campo de batalha não está fora de nós, está mesmo é nos nossos pensamentos e nas nossas ações.

Encontre a sua paz interior no meio ao caos que se vê por aí. Não é fácil, mas tomo emprestadas as palavras de Lao- Tsé: “Uma longa viagem começa com um passo”.

***

Comentários:

1 comentário

  • Raquel Porto Rodrigues disse:

    Excelente reflexão! Esse olhar amplo da vida e cultivar a nossa luz interior é o que mantém a sanidade. Parabéns pelo precioso texto!

Deixe um comentário!