Últimas postagens: Crônicas

Que Deus é Esse, meu Deus?

Ontem eu vinha das compras, num trem do Metrô relativamente vazio, quando se sentou a meu lado uma mulher jovem, uns trinta anos se tanto (cabe ressaltar que quanto mais velha fico menor capacidade tenho para identificar idade alheia…). Bom, cabe aqui um aviso de amiga: se a pessoa próxima a você “tiver cara” de …

O Desafio do Olhar

Muita emoção. E tanta, que amarelou o meu sorriso, enverdeceu o meu olhar, azulou meu coração. Acho até que meus cabelos embranqueceram no sufoco da vitória ( ou da derrota) eminente. E, empaticamente, me transformo num jogador. Sou, agora, o atacante que olha seu adversário olho no olho, cara a cara, no momento do drible, …

Amizade Responsável

2018 tem sido um ano difícil. Muitas coisas foram postas à prova não só aqui em nosso país, mas também no Mundo. Refugiados de países em guerra ou em situação caótica, pessoas fugindo de perseguições religiosas ou políticas, levando suas esperanças para além das próprias fronteiras, provocando situações difíceis nos países para onde fogem, e …

Uma Questão de Privada

“Para criar um novo modelo, é preciso de algo que não seja só um pouquinho diferente, mas algo realmente novo, que capture a imaginação das pessoas.” Quando William Henry Gates III fez esta declaração na apresentação de um novo produto da Microsoft em 1983, mesmo sendo um visionário talvez não tivesse ideia de que caminhos …

Dois de Novembro – Dia de quem mesmo?

Ah, Dia dos Mortos… Até uns dois anos atrás, com certeza, eu já estaria em estado de tristeza antecipada nesse momento, ainda na véspera, portanto dia 1º de novembro. Quando escrevo essa crônica. Nestes dois anos tive algumas mudanças, grandes mudanças, na minha vida. Acho que acontece com todas as pessoas que não vieram a …

誠 – Vivendo com Makoto

O título hoje está escrito em japonês. Óbvio que já perceberam. E por que eu escreveria em japonês, se o meu idioma natal é um dos mais ricos do mundo, com um dos vocabulários mais volumosos, tendo palavras que nem encontramos em outro idioma, como a palavra “saudade”? Bom, tenho que lhes confessar que aqui …