Últimas postagens: Crônicas

Praguejando

Não, não vou te enganar, não gosto de mentir. Quer dizer, de vez em quando… muito raramente… meus diabinhos liberam uma daquelas mentirinhas inofensivas que, acho eu, até Francisco (o Papa, é claro) deve cometer. Então, não vou te mentir, preciso te dizer que não gostei nada, nadinha, das tantas janelas e sacadas sem sinal de …

Da boca pra dentro

Em Viena pego carona nas amizades da Estefânia, amiga das antigas, e eis que me vejo conduzida a restaurantes tradicionais da cidade. Não  percebo, a princípio, muita novidade. Bons restaurantes sempre oferecem boa comida, instalações adequadas, bom atendimento, limpeza. Mas começo a observar os cardápios. Naturalmente,  peço  a versão em inglês, porque de alemão só …

Tem roupa na corda

Quando estou viajando e chego a algum lugar, chego humildemente. Não gosto de exagerar nos planos antecipados, detalhar dias, roteiros. Faço apenas um leve dever de casa, que me garanta contra a possibilidade de dormir em banco de praça… Por isso, a postura de humildade diante da nova cidade, do povo novo. Porque sei que …

Roma é amor

Roma, Cidade Eterna, velha cidade, com suas ruas maltratadas, suas pessoas indo e vindo, arte em tantas esquinas, o medieval te encarando, impávido, sem o menor problema em ter tanta idade. Ao contrário, a “terceira idade” nessa cidade é muito mais que decadência. É motivo de orgulho, que atravessa o tempo e acerta a alma …

Uma questão a considerar

— Te incomoda construir a vida de outra pessoa, ao seu bel prazer?…” — a pergunta foi direta e rasteira. E diante da minha expressão de surpresa, a pessoa esclareceu: — Mesmo que a outra pessoa seja somente um personagem? Uma questão a considerar… Aparentemente um absurdo, que não havia me ocorrido antes, talvez porque …

Boi de piranha

Aquela imagem foi um choque para mim… A imagem da inocência. Pareciam crianças de jardim de infância que quando terminam as aulas fogem saltitantes ao primeiro soar da campainha, gritando “Tocou o sinal, tocou o sinal…” Não consegui perceber naquelas faces jovens um mínimo traço de maldade. E me lembrei de quando eu, mais ou …