NATAL, Tempo de Anjos

NATAL, Tempo de Anjos.

Não vou ficar aqui jogando conversa fora sobre o que significa a data. Todos nós sabemos, ou devíamos saber que Natal é tempo de Celebração. Parece que o mundo fez um acordo e, independente de crenças, resolveu festejar.

“Festejar o quê”, ouvi outro dia alguém comentar…

Fiquei calada, pois quem falava era a TV, e eu ainda não estou tão louca a ponto de conversar com a telinha, mas, bem zangada, respondo por aqui.

Como é que alguém, diante de um mundo inteiro comemorando, não encontra algo a comemorar?

A vida está complicada? Está, concordo.

O dinheiro está curto? Está, concordo.

O país está numa onda de violência incontrolável nas ruas? Está, concordo.

Só que estamos aqui, VIVOS! E quem está vivo, pode ser Resistência. Não a resistência pequena, política, baseada em interesses não muito claros, mas a resistência como seres humanos que acreditam que podem fazer DIFERENÇA.

E aí é que vem a importância de estarmos todos na mesma vibe de Compreensão, Compaixão, e de Amor.

É daí que vem a força para dizermos NÃO à frustração, à negatividade, e àquele sofrimento que podemos evitar.

É daí que pode nascer a energia para ressignificar e mudar as memórias ruins que só nos trouxeram aborrecimentos, você pode esquecê-las, guarde naquela gavetinha de coisas inúteis. Guarde também na mesma gavetinha os seus planos irreais que não levaram a nada, e aceite que, às vezes, sonhos são apenas sonhos, se não forem baseados em possibilidades reais.

Aproveite para refletir e, aí sim, tirar da gaveta de coisas inúteis aquele perdão que você não foi capaz de conceder, e conceda-o agora.

Abra os braços agora para aquele abraço que você não foi capaz de dar.

Eleve sua voz para entoar um canto de Gratidão à VIDA, já que está ai, disponível para viver o que vier, encarar o que quiser ou puder e, acima de tudo, AMAR. Amar de verdade, sem mentiras ou disfarces, olhando no olho de cada um a quem você pode e quer dedicar amor.

Mas, para isso, tem que desengavetar o seu coração e tirar de dentro dele o anjo que mora ali, e que está aguardando, ansioso, para vir à Luz.

Bom Natal!

3 comentários

  • Denise Oliveira Peon disse:

    Adorei,minha irmã o que escreveu sobre o “festejar”o Natal!Que possamos festejar a “Luz do Mundo” pq assim atraímos Luz pra nós tb,e tudo fica mais fácil! Feliz Natal pra vc tb!Te amo!

    • Daisy disse:

      Assim seja, Denise. Sempre unidas e com um grande sentimento de Gratidão por todas as bênçãos que recebemos. Bj

      Daisy Lucas

  • Daisy disse:

    Lindas palavras.
    Ótimos conselhos.
    Necessárias reflexões
    >> Eliane Tavares

Deixe um comentário!