Paciência

Se eu lhe perguntasse: paciência é uma virtude, ou uma habilidade, o que você responderia? Minha impressão é que muitos responderiam habilidade, poucos responderiam virtude.

Para mim, nem uma coisa nem outra – penso que paciência é um aprendizado, que independe de você ter aquela capacidade. Paciência é construção, é aquela pedrinha que se coloca uma em cima da outra, com todo zelo para que não desmonte a construção.

Minha pergunta nasceu da constatação que paciência está cada vez mais rara, as pessoas estão cada dia mais irritadas, menos dispostas a ouvir, a calar, e a dar voz aos sentimentos, todo mundo fala e ninguém se entende.

Refletindo sobre isto, digo que ter paciência é manter o equilíbrio entre as pedrinhas que todos os dias a vida sai lançando por aí, ter paciência é viver com calma e sabedoria o intervalo que existe entre a semente e a flor.

Ter paciência é ter amor: amor a uma causa, a um ente qualquer, ou a uma pessoa. Quer medir o seu amor? Meça sua paciência.