Adivinhe, se puder

O que é, o que é, que quanto mais se compartilha, mais se tem?

Em tempos tão materialistas, pode ser que alguém tenha dificuldade em responder. Segundo a linha de pensamento vigente (com boas exceções, felizmente) a resposta seria: Impossível, tudo o que alguém dividir, fica com menos.

Nessas duas palavras está a diferença – dividir ou compartilhar?

Não consultei dicionário para ver a diferença, mas o viver me traz a resposta.

Dividir é repartir, e aí, é claro, fica-se com menos. Mas, quando compartilhamos, não ficamos com menos necessariamente. Ao contrário, acrescentamos algo ao que já temos. Então, uma das respostas para mim é: Amor, e tudo o que vem no pacote do Amor: Amizade, respeito ao pensar, solidariedade.

Foi isso que tive, no dia 18 de fevereiro, dia do meu aniversário. Celebramos a Vida em alguns outros dias e a festa se estendeu ao logo do mês. Por essa razão vai a minha mais profunda Gratidão, à família querida e aos amigos de muitos anos (e de poucos também) que compartilham comigo o grande plano de estarmos juntos na vida.

Portanto, a resposta para “o que mais se compartilha e mais se tem”, é AMOR.

Viva a Vida.

Deixe um comentário!