Uma experiência magnífica, participar da Fliminas

Rio Novo, Minas Gerais. Toda a cidade, que tem aproximadamente 8000 habitantes, se mobiliza para a Festa.

Escuta o Carlos Oscar Niemeyer:

O que tem de muito especial nesta Feira Literária, que, aliás, já teve um começo bem especial como vocês viram o seu criador contar, é que as atividades se esparramam pela praça, pelas ruas, e também pelos casarões, que cedem suas salas e varandas para acolher autores e público.

Crianças chegam de longe, de cidades vizinhas para participar. O acolhimento é tal, que senti como se tivesse vivido ali a vida inteira. E a varanda em que apresentei “Bernardo, o Menino que Pensa Azul“, ficou cheinha de crianças com os olhinhos brilhantes, o que me deu muita alegria.

Muito bom ter ido a Rio Novo, e à FLIMINAS.

Deixe um comentário!