Ligação Direta

Desde quando concluí minha formação em Practitioner em Programação Neurolinguística venho colhendo informação sobre a possibilidade do ser humano renovar seus padrões de pensamento, e a partir daí, mudar comportamentos e atitudes.

O tema é ao mesmo tempo instigante e assustador… mostra claramente a reponsabilidade de cada um em “fabricar” o próprio bem estar e felicidade. De tão importante, a mesa “A Neurociência da Felicidade”, apresentada por professores da Universidade de Yale, mereceu grande audiência em Davos, 2019, no Forum Econômico Mundial.

Resumidamente, a Neurociência da Felicidade se propõe a ensinar as pessoas como utilizar mecanismos cerebrais que podem lhes trazer benefícios físicos e mentais, remodelando seus padrões cerebrais de pensamento e discurso, a partir da ativação de novos padrões neuronais.

Existem várias técnicas, o assunto é seríssimo, não vou me arvorar a, nessas poucas linhas, dar o caminho das pedras. Mas aproveito a ocasião para sugerir que você busque informação sobre o assunto e que comece a se aceitar como “fabricante “ do próprio bem-estar, e de ser plenamente capaz de mudar muitas atitudes que hoje representam obstáculo à sua felicidade.

Em primeiro lugar aceite que tudo começa no PENSAR. No cérebro acontecem as ideias que se transformam em projetos, depois em planos e… quem sabe? Em realidade.

Por isso, cuide de eliminar pensamentos negativos, crenças limitadoras, que obstruem o seu caminhar. Pense no circuito boca ouvido – cérebro e cuide das palavras que diz a si e aos outros, palavras podem se transformar em realidade, nesse circuito a ligação é direta.

Deixe um comentário!