Uma questão a considerar

Boi de piranha

Amor é coisa pra gente valente!

Diante do relato sofrido de uma amiga, sinto uma grande tristeza. Mais uma vez, a queixa é o fim de um amor. Fazer o quê, a não ser lamentar? Para exorcizar minha percepção de que em nada posso ajudar, recorro a você, meu interlocutor mudo, pacientemente a suportar os batuques desajeitados, os catamilhos que te …

O desafio do olhar

Muita emoção. E tanta, que amarelou o meu sorriso, enverdeceu o meu olhar, azulou meu coração. Acho até que meus cabelos embranqueceram no sufoco da derrota iminente. E, empaticamente, me transformo num jogador. Sou, agora, o atacante que olha seu adversário olho no olho, cara a cara, no momento do drible, como a lhe dizer, …

Deixa a fila andar

 Não, eu não devo ter entendido, mas foi o que pensei ao ouvir no noticiário da TV, o pífio pedido do treinador da Seleção Brasileira. Ele pedia, vejam só, que a torcida tivesse, como as de outros países, um canto para fortalecer o time. “Eu noto que umas partes do estádio cantam, outras não”, ele …

Carta à máquina

Num Rio, de um janeiro qualquer, não rio mais porque você… É, você mesmo, seu despudorado, mete-se na minha vida como o sol se enfia pela minha janela adentro, mesmo fechada, seu invasor. Na sua intromissão, fica aí me conectando aleatoriamente, com conexões que eu não desejo nem pedi. Cheio de defeitos, pra me azucrinar, …